Você está aqui: Página Inicial

Jornada de Lutas da Juventude reafirma compromisso com a Reforma Política e contra a corrupção

Jornada de Lutas da Juventude reafirma compromisso com a Reforma Política e contra a corrupção

Reforma Política e educação foram os principais temas da reunião entre ministro Miguel Rossetto (Secretaria-Geral) e o secretário Nacional da Juventude, Gabriel Medina, nesta terça-feira (24/3), com representantes da Jornada de Lutas da Juventude. O encontro inaugura uma mesa permanente de diálogo dos movimentos da juventude e o governo federal.

Destaques

Assentamentos devem produzir alimentos saudáveis, defende Rossetto

Assentamentos devem produzir alimentos saudáveis, defende Rossetto

O ministro Miguel Rossetto recebeu hoje (25/3) a pauta nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Em reunião com a direção do movimento, no Palácio do Planalto, Rossetto reafirmou o compromisso da Secretaria-Geral com a reforma agrária, a qualidade dos assentamentos, acesso à educação e habitação. “Assentamentos da reforma agrária devem ser comunidades rurais onde as pessoas vivam com dignidade e qualidade de vida, produzam alimentos saudáveis e preservem o meio ambiente”, defendeu Rossetto, reconhecendo a importância do MST nas conquistas da produção familiar dos últimos anos, como a criação de agroindústrias para beneficiar a produção, uma das pautas do movimento.

PARTICIPAÇÃO POPULAR

Secretário de Relações Político-Sociais destaca importância da participação popular

O governo brasileiro trouxe a agenda das Metas do Milênio para que as políticas públicas pudessem responder às necessidades do povo brasileiro por melhoria da qualidade de vida e, ao mesmo tempo, cumprissem o compromisso internacional do qual o Brasil é signatário”, afirmou Wagner Caetano Alves de Oliveira, secretário nacional de Relações Político-Sociais da Secretaria-Geral.

FSM - 2015

Casa Brasil leva propostas de participação social para o Fórum Social Mundial

O debate levantou experiências e avanços do Brasil na participação social e incluiu iniciativas governamentais e da sociedade civil. A mobilização popular nas jornadas de junho de 2013, o orçamento participativo em Porto Alegre e as manifestações pela defesa da Petrobras foram usados como exemplo. O FSM segue até 28 de março, em Túnis, na Tunísia.

ÁGUA PARA TODOS

Programa Água para todos proporciona melhoria na vida dos sertanejos

Com programa, governo entrega mais de 804 mil cisternas no semiárido O Programa Água para Todos entregou 804,6 mil cisternas de consumo a famílias em situação de pobreza e extrema pobreza no meio rural do Semiárido brasileiro. Nos últimos quatros anos, foram entregues também 108,4 mil tecnologias sociais de captação de água de chuva para produção de alimentos

Congresso

Dilma envia ao Congresso nesta semana pacote de medidas para combate à corrupção

Dilma envia ao Congresso nesta semana pacote de medidas para combate à corrupção

A presidenta Dilma Rousseff enviará ao Congresso, nesta semana, medidas contra a corrupção. O anúncio foi feito pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, em coletiva nesta segunda-feira (16), após reunião da coordenação de governo, realizada no Palácio do Planalto. As medidas fazem parte de promessas de campanha da presidenta quando candidata à reeleição.

Arroz Agroecológico

Rossetto participa da 12ª Abertura da Colheita do Arroz Agroecológico

Rossetto participa da 12ª Abertura da Colheita do Arroz Agroecológico

No Rio Grande do Sul, assentados da reforma agrária se preparam para mais uma safra recorde de arroz orgânico. A presidenta Dilma Rousseff e os ministros Miguel Rossetto (Secretaria-Geral), Patrus Ananias (Desenvolvimento Agrário) e Pepe Vargas (Relações Instituicionais) participam da celebração dessa conquista nesta sexta-feira (20) durante a 12ª Abertura da Colheita do Arroz Agroecológico.

FÓRUM SOCIAL MUNDIAL

 Fórum Social Mundial começa nesta terça-feira

Fórum Social Mundial começa nesta terça-feira

A 14ª edição do FSM começou nesta terça-feira (24/3), em Túnis, capital da Tunísia, com a tradicional marcha de abertura pedindo liberdade, direitos e paz. O ato terminou em frente ao Museu do Bardo que foi reinaugurado hoje, após atentando ocorrido no último dia 18. O fórum espera reunir 70 mil pessoas em 1,9 mil atividades previstas entre 24 e 28 de março.

Participação Social